Império Contabilidade - Mercado PET
Mercado PET

Mercado PET

 

O mercado de Loja de Animais – Pet Shop no Brasil é um mercado que cresce 17% ao ano e movimenta cerca de 14 bilhões de reais. O setor foi impulsionado, principalmente, devido ao investimento das indústrias de rações em publicidade e aprimoramento dos canais de distribuição.

 

O Brasil é o segundo país com a maior populaçao de pets do mundo. A ração industrializada, que era privilégio de animais de pessoas das classes A e B, passou também a ser consumida pela classe C.

 

De acordo com a Anfalpet - Associação Nacional dos Fabricantes de Alimentos para Animais de Estimação no Brasil, existem 100 mil pontos de venda de produtos direcionados aos bichos de estimação no Brasil. Desse total, aproximadamente 40 mil são Lojas de Animais - Pet Shops. O gasto médio com produtos e serviços per capita/ano é de R$ 390,00 (raças pequenas) a R$ 760,00 (raças grandes) entre insumos farmacêuticos, vacinas, embelezamento e acessórios, que no total representam R$ 14 bilhões de faturamento para o setor.

 

Hoje, há 32 milhões de cães, 19,5 milhões de pássaros, 16 milhões de gatos, 7,5 milhões de peixes no país. Esses números levam o Brasil, no mercado mundial, ao segundo lugar em população de cães e gatos, quarto lugar em população de animais de companhia, o segundo em volume de produção e o sétimo em faturamento.

 


Ameaças e oportunidades

 

As oportunidades de negócios são definidas pelas possibilidades de bons resultados que o empreendedor vislumbra ao implantar um novo empreendimento. O conhecimento real das possibilidades de sucesso somente será possível através de pesquisa de mercado.

 

Uma pesquisa não precisa ser complexa, sofisticada ou dispendiosa em termos financeiros. Ela pode ser elaborada de forma simplificada e aplicada pelo próprio empresário, para estudar a concorrência já instalada, o tipo de público alvo em termos de capacidade aquisitiva, os gostos pessoais, e as expectativas que as pessoas têm em relação a uma Loja de Animais – Pet Shop. O risco de abrir as portas sem conhecimento do ambiente local é muito grande.

 

As ameaças são representadas por todas as possibilidades de insucesso que o futuro empresário pode identificar para o novo negócio. A realização da pesquisa de mercado fornece subsídios para a previsão de dificuldades que poderão aparecer pelo caminho.

 

Algumas ameaças e oportunidades desta atividade empresarial merecem destaque:

 

Ameaças

 

- Excesso de concorrência;
- Falta de experiência do dono do negócio;

 

Oportunidades
- Aumento do percentual de pessoas que possuem animais de estimação e os consideram como membros da família, representando um grande potencial de consumo de produtos “pets”;
- A população de animais de estimação cresce proporcionalmente ao número de pessoas;
- Crescimento do poder aquisitivo do povo brasileiro.

A localização de uma Loja de Animais – Pet Shop deve ser decidida levando em consideração alguns aspectos, tais como:

 

a) Adequação aos clientes:
- Facilidade de acesso;
- Facilidade de estacionamento (local ou próximo);

 

b) Adequação aos funcionários:
- Proximidade de estações e pontos de transporte coletivo;
- Infraestrutura de serviços (restaurantes, farmácias, bancos);

 

c) Aspectos urbanísticos e de infraestrutura:
- Segurança da região;
- Infraestrutura de serviços públicos (Bombeiros, Polícia, Hospital, Correio);
- Verificar se o local não está sujeito a inundações ou próximo a áreas de risco;
- Disponibilidade dos serviços de água, luz, telefone e internet;
- Serviços de recolhimento de lixo.

 

d) Aspectos econômico financeiros:
- Preço de aluguel e qualidade dos imóveis disponíveis;

Para dar início ao processo de abertura da empresa é necessário que se cumpra os seguintes procedimentos:

 

1)Consulta Comercial
Antes de realizar qualquer procedimento para abertura de uma empresa deve-se realizar uma consulta prévia na prefeitura ou administração local. A consulta tem por objetivo verificar se no local escolhido para a abertura da empresa é permitido o funcionamento da atividade que se deseja empreender. Outro aspecto que precisa ser pesquisado é o endereço. Em algumas cidades, o endereço registrado na prefeitura é diferente do endereço que todos conhecem. Neste caso, é necessário o endereço correto, de acordo com o da prefeitura, para registrar o contrato social, sob pena de ter de refazê-lo.
Órgão responsável:
Pefeitura Municipal; Prefeitura Municipal
Secretaria Municipal de Urbanismo.

 

2) Busca de nome e marca
Verificar se existe alguma empresa registrada com o nome pretendido e a marca que será utilizada.
Órgão responsável:
Junta Comercial ou Cartório (no caso de Sociedade Simples) e Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI).

 

3) Arquivamento do contrato social/Declaração de Empresa Individual
Este passo consiste no registro do contrato social. Verifica-se também, os antecedentes dos sócios ou empresário junto a Receita Federal, por meio de pesquisas do CPF.
Órgão responsável:
Junta Comercial ou Cartório (no caso de Sociedade Simples.

 

4) Solicitação do CNPJ
Órgão responsável: Receita Federal.

 

5) Solicitação da Inscrição Estadual
Órgão responsável: Receita Estadual

6) Alvará de licença e Registro na Secretaria Municipal de Fazenda
O Alvará de licença é o documento que fornece o consentimento para empresa desenvolver as atividades no local pretendido. Para conceder o alvará de funcionamento a prefeitura ou administração municipal solicitará que a vigilância sanitária faça inspeção no local para averiguar se está em conformidade com a Resolução RDC nº 216/MS/ANVISA, de 16/09/2004.
Órgão responsável: Prefeitura ou Administração Municipal; Secretaria Municipal da Fazenda.

 

7) Matrícula no INSS
Órgão responsável: Instituto Nacional de Seguridade Social; Divisão de Matrículas - INSS.

8) Registro no Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado
Órgão responsável: Conselhos Regionais de Medicina Veterinária;

9) Contrato de Responsabilidade Técnica
Órgão responsável:· Conselhos Regionais de Medicina Veterinária;
 

Uma Loja de Animais – Pet Shop precisa de profissionais que exerçam as funções de responsável técnico, veterinário, administrador, balconista e tosador. Para começar bastam três pessoas desde que reúnam as características necessárias ao funcionamento do negócio como:

Responsável Técnico / Veterinário

Autocontrole;

Boa disposição física;

Capacidade de comunicação;

Capacidade de concentração;

Capacidade de decisão;

Capacidade de lidar com a visão de sangue e de animais acidentadas;

Capacidade de observação;

Capacidade de pensar e agir sob pressão;

Equilíbrio emocional;

Firmeza;

Gosto pela pesquisa e pelos estudos;

Gosto por atividades ao ar livre e pelo contato com a natureza;

Habilidade manual;

Interesse pelas ciências;

Interesse por animais e plantas;

Paciência.

 

Administrador :

Capacidade para lidar com imprevistos;

Reconhecer e definir problemas,

Atuar preventivamente;

Ter raciocínio lógico, crítico e analítico;

Ter conhecimento de gestão empresarial.

Habilidade de relacionamentos;

Habilidade para negociar

Pró atividade;

Inteligência emocional para lidar com possíveis conflitos.

Disciplina.

 

Balconista :

Cortesia e educação para com os clientes e colegas;

Disciplina;

Organização;

Conhecimento das mercadorias;

Idoneidade;

Boa apresentação pessoal;

Domínio de técnicas de vendas e atendimento ao público.

 

Tosador :

Conhecimento e habilidade técnica: banho, escovação, tosas, manutenção de materiais e etc.;

Conhecimento dos fatores que garantem a boa saúde a cães e gatos no procedimento de banho e tosa;

Ética profissional.

 

A capacitação de profissionais deste ramo de negócio deve estar direcionada para o desenvolvimento das competências citadas acima.


O piso salarial dos empregados de um Pet Shop é regulado pelos Sindicatos do Comércio e Sindicato dos Médicos Veterinários. A partir do piso salarial estabelecido para cada categoria, o empresário deverá manter políticas que remunerem adequadamente os empregados, considerando-se os níveis de competências pessoais.


Recomenda-se a adoção de uma política de retenção de pessoal, oferecendo incentivos e benefícios de natureza financeiros ou outros. Assim, a empresa poderá diminuir os níveis de rotatividade e obter vantagens como a criação de vínculo entre funcionários e clientes e ainda a diminuição de custos com:
- recrutamento e seleção,
- treinamento de novos funcionários,
- custos com demissões.

Saiba mais, entre em contato com a Império Contabilidade

 


Outras sugestões

Doces Gourmet

Doces Gourmet

Personal Trainer

Personal Trainer

Compre e venda de roupas usadas

Compre e venda de roupas usadas

Receba novidades

Muito além de números, resultados para a sua empresa.

Auxiliando de pequenas a grandes empresas desde a sua constituição e durante todo o seu processo de crescimento. Nossa equipe é 100% formada por contadores e estudantes de contabilidade atuando de forma eficaz em todas as áreas do segmento.

Entre em contato



© 2020 Império Contabilidade - Blumenau Rua Joinville, nº 330 - Vila Nova - Blumenau / SC (47) 3232-7157 / 3237-7569 | 4732327157